Confiamos irrestritamente em Moro, diz Bolsonaro

Publicado em 11/06/2019 às 08:38h

O presidente Jair Bolsonaro / Foto: Dida Sampaio/Estadão

O presidente Jair Bolsonaro se manifestou brevemente sobre a caso das mensagens entre Sergio Moro, na época em que era juiz federal, e procuradores do MPF (Ministério Público Federal) divulgadas ontem pelo site The Intercept Brasil. “Nós confiamos irrestritamente no ministro Moro”, disse o presidente. A informação foi dada pelo secretário de comunicação da Presidência, Fabio Wajngarten, segundo a TV Globo.

Mais cedo, no começo da noite, o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, havia dito que Bolsonaro iria esperar que o ministro retornasse a Brasília para se pronunciar a respeito. Moro está em Manaus, onde participou de um evento com secretários de segurança pública. O porta-voz havia dito também que “jamais foi tocado” no assunto de uma eventual renúncia ou demissão de Moro.

Segundo Rêgo Barros, ambos se falaram hoje por telefone. As mensagens publicadas pelo The Intercept Brasil indicam suposta interferência de Moro em ações conduzidas pelo MPF. A força-tarefa da Lava Jato confirmou o vazamento das mensagens, mas disse que não há nenhuma ilegalidade revelada pelo conteúdo.

Foram divulgados trechos de conversas de grupos da força-tarefa no Telegram, aplicativo de mensagens, que teriam sido trocadas entre 2015 e 2018 e obtidos pelo site com uma fonte anônima. As informações são do site UOL.


PUBLICIDADE