Nilo rebate João Leão sobre delação de Nelson Leal: "mentiroso, vendedor de fumaça e não honra o cargo que tem"

Publicado em 08/11/2018 às 17:43h

Marcelo Nilo

O deputado federal eleito Marcelo Nilo (PSB) rebateu as declarações feitas pelo vice-governador da Bahia, João Leão (PP), que o acusa de ser o responsável pelo vazamento da delação do empresário Kells Belarmino Mendes, investigado na operação Águia de Haia por liderar um esquema de fraude a licitações e desvio de verbas públicas. Na delação, o empresário cita o deputado estadual Nelson Leal (PP). 

"Mentiroso, irresponsável e despreparado. É um vendedor de fumaça e que não honra o cargo que tem", disparou Marcelo Nilo. 

Segundo João Leão, Nilo "tem mania de perseguição" e teria feito o vazamento da delação, informação divugada com exclusividade pelo BNews. "O próprio Bocão News sabe que não fui eu que passei a matéria. Não sou homem de plantar matéria contra colegas. Tenho os meus problemas políticos com o deputado Nelson Leal, mas jamais faria isso com ele ou com a família dele", afirmou. 

Marcelo Nilo já presidiu a Assembleia Legislativa e tentou se reeleger no último pleito, mas desistiu na reta final da disputa após perder o apoio dos colegas para Angelo Coronel (PSD), o atual presidente. Nelson Leal é pré-candidato à presidência da Assembleia. 

Entenda o caso
No documento, o empresário Kells Belarmino Mendes contou ao Ministério Público Federal (MPF) que Leal, ao lado do irmão, intermediou um contrato que foi firmado com a prefeitura de Livramento de Nossa Senhora. O Ministério Público Federal (MPF), porém, apontou falta de provas contra o parlamentar. Fonte: Bocão News


PUBLICIDADE