Partido de Bolsonaro pode ajudar a eleger crítico feroz de militares na Bahia

Publicado em 09/08/2018 às 11:39h

Igor Kanário

Obrigada a retirar a candidatura do marido a vice do candidato a governador João Henrique (PRTB), devido à forte reação da militância ao ex-prefeito de Salvador, a presidente do PSL, Daiane Pimentel, está agora com outra batata quente nas mãos: justificar a aliança que, com o seu aval, o partido do presidenciável Jair Bolsonaro fez na Bahia com o PHS para a disputa das eleições proporcionais e pode garantir a eleição a deputado federal do vereador Igor Kannário, que se auto-intitula cantor do gueto e é um dos maiores críticos da atuação de policiais na periferia.

No Carnaval deste ano em Salvador, Kannário chegou a se indispor com o comandante da Polícia Militar da Bahia, coronel Anselmo Brandão, depois de atacar a corporação durante uma apresentação no Campo Grande e ser acusado de incitar os foliões contra os militares. Revoltado com seu comportamento, o coronel o chamou de “marginal”. Fonte: Política Livre


PUBLICIDADE