Alcymar defende Elba e ataca ‘breganejo’ de Marília Mendonça: ‘Vão se danar!’

Publicado em 13/06/2017 às 13:10h

Alcymar Monteiro e Marília Mendonça / Fotos: Divulgação

Após Marília Mendonça dar indiretas a Elba Ramalho (clique aqui) e demais artistas contrários à entrada do sertanejo nas festas juninas (clique aqui), o cantor e compositor cearense Alcymar Monteiro resolveu entrar na briga pelas tradições nordestinas. “Essa senhora não tem autoridade pra falar nada. Como é que ela vem falar que aqui é lugar de sertanejo? Isso é um "breganejo" horroroso pra cachaceiro, pra quem não tem identidade”, disse ele em um áudio divulgado em um grupo de WhatsApp do qual fazem parte representantes do forró.

“Dona Marília Mendonça, você é lá de Goiás, vá cantar lá no seu Goiás! Não vem encher o saco da gente aqui não, entendeu? Esse brega horroroso que você canta é coisa pra cachaceiro, pra pessoa sem amor, sem carinho, sem identidade, entendeu? Por favor, ponha a sua mão na consciência. Você vem lá de Goiás invadir nossa praia. Agora vê se a gente canta lá no teu Goiás. Vocês não deixam. Então, é horrível, não gosto, é de mau gosto, não tem nada a ver! Querem acabar com nossas tradições, vão se danar e deixem a gente em paz!”, disparou o forrozeiro, anunciando que iria baixar o nível. “Não venha aqui no nosso terreiro querer cantar de galo não, viu? Aqui quem canta de galo é galo, galinha aqui não canta não, entendeu bem? Tá certo?”, prosseguiu Alcymar, destacando que “essa porcaria” que ela canta não é sertanejo. “Isso é "breganejo"! Sertanejo é Tonico e Tinoco, sertanejo é Tenda Branca e Xavantinho, que eu não sou bobo não, eu conheço o que é música boa. Sua música é horrorosa! Você não tá com nada, entendeu?”, disse o cantor cearense, rebatendo a declaração de Marília, que no fim de semana afirmou: "Vai ter sertanejo no São João sim, viu? Porque quem quer é o público.

Então, muito obrigada por me abraçarem. Sei que vocês gostam mesmo é de música boa. Não importa o estilo". As críticas de Alcymar Monteiro não pararam por aí: “Você canta pra cachaceiro, eu canto pra família, eu canto para as crianças, para os velhos. Eu sou descendente de Luiz Gonzaga, nos respeite, entendeu?”, defendeu o artista nordestino. “Não fale mal de Elba Ramalho não, que você não tem autoridade pra isso, entendeu? Deixa a gente em paz, vão se danar!”, concluiu. 

Confira o áudio completo:

Fonte: Bahia Notícias


PUBLICIDADE